Biscate Social Club: Uma biscate de classe

Segue o primeiro texto publicado no Biscate Social Club.

E aí que um dia recebo pelo Facebook um convite inesperado, a Luciana me pedindo uma contribuição para o Biscate Social Club. Já se passou quase um mês do convite, mas finalmente entre um espacinho da militância e outro consegui sentar, formular e escrever algo para cá.

A questão é que a máxima de santa ou puta é algo premente na vida de toda mulher, você viver a sua sexualidade de forma plena, quebrando os tabus é algo que será alvo de repreensão, ou por que uma mulher na sua posição não deveria se comportar deste ou daquele jeito, ou por que na sua família acham estranho tu levares casos para dormir no teu quarto. É óbvio que junto a classe trabalhadora não seria diferente.

O texto pode ser lido completo aqui.

Sem mais publicações