Recesso, hibernação ou como acharem melhor chamar

Bem, já não estava blogando com tanta periodicidade assim, mas nas próximas semanas terei que dar uma freada para sentar o rabinho e estudar algumas coisas e escrever com mais densidade várias das reflexões que já estão por aqui.

Espero conseguir voltar em breve e com periodicidade definida – se pá duas vezes por semana.

No mais seguem dois links sobre uma debate interessante da relação entre o anti-proibicionismo e as mulheres:

Feminismo e Marcha da Maconha: aproximações possíveis – Cynthia Semíramis

Os efeitos da proibição das drogas sobre as mulheres em debate – Coletivo DaR

Sem mais publicações