A capa de Kim Kardashian tem uma questão racial da qual ninguém está falando

Ontem postei uma reflexão sobre um comentário da Tina Fey sobre a capa da Paper com a Kim Kardashian.

Hoje posto um texto da Hannah Ongley, publicado originalmente no Styleite, que faz uma reflexão interessante e importante sobre o fotógrafo que assina o ensaio de Kardeshian para a Paper e sobre o fato de seu trabalho historicamente utilizar as figuras femininas negras para exotizá-las e estigmatizá-las. O texto foi traduzido por mim.

champagne1

O bumbum de Kim Kardashian é a estrela da capa da edição de inverno da revista Paper que trás na manchete “Quebre a Internet”. A capa chegou a causar um rebuliço no Twitter e entre descoladinhos modernosos , mas todo mundo que não escolheu ignorar que tem algo a dizer sobre isso. É muito sexual (irrelevante), que é uma má escolha de modelo para capa (depende de quem você é,) e é muito photoshopada (verdade). Mas a maioria das críticas está sendo destinada a Kim, e ela claramente não é a pessoa que construiu o conceito ou assumiu o controle da edição de fotos . (Bem, até onde sabemos.)

O fotógrafo responsável pela imagem é Jean-Paul Goude, e não há mais nada para saber sobre ele do que ele ser “francês” e “lendário”. As duas coisas também são verdadeiras, mas não há isso também : A história artística de Goude é repleta de acusações de objetivação e exotização dos corpos das mulheres negras. Esta não é uma tangente de seu trabalho – é a base de toda a sua obra . Não é uma coincidência que sua autobiografia pictórica de 1983 se entitula: Jungle Fever. “Os negros são a premissa do meu trabalho”, o artista disse à revista People em 1979, “eu tenho a febre da selva.”

grace3Para criar suas imagens exotizadas, Goude iria fotografar mulheres negras em poses que variaram do atlético ao primitivo. Ele, então, literalmente cortava as _ imagens em pedaços e as remontava para criar algo ainda mais formidável. Você pode ver como ele fez a manipulação pré-photoshop na a foto infame que ele criou de Grace Jones, com quem teve um relacionamento turbulento nos anos 80, na icônica capa do álbum Island Life.

Criticar capa com Kim, porque “ela é photoshopada”_ é ignorar o significado da arte do fotógrafo. Como disse Goude sobre a capa de Jones, “… a menos que você seja extraordinariamente flexível, não poderia fazer esse arabesco. O ponto principal é que Grace não poderia fazê-lo, e essa é a base de todo o meu trabalho: a criação de uma ilusão credível “.

Paper atribui erroneamente a inspiração para capa com Kim Kardashian a uma foto vintage de Goude chamada “Champagne Incident”. A foto é na verdade de 1976 da modelo Carolina Beaumont, e isso é sobre mais do que habilidades de equilíbrio. Um erro inocente, talvez, mas o fato é que Beaumont vem sendo obscurecida pelo que parece.

Jean-Paul-Goude-9

Em Venus in the Dark: Blackness and Beauty in Popular Culture, a autora Janell Hobson discute como as “melhorias” de Goude são muitas vezes feitas para tornar o corpo das mulheres negras altamente exagerado, cômico e grotesco.

O sujeito usa um penteado ‘exótico’ e ‘sorri’ para a câmera posando como um ‘selvagem feliz e satisfeito em servir servir'”, ela diz, “o que sugere sua cumplicidade em ter seu corpo, literalmente, retratado como um objeto , uma visão ‘primitiva’ que proporciona prazer pornográfico e intoxicação para um, presumível, espectador masculino branco.

Kim, por outro lado, usa um vestido de lantejoulas e jóias caras. Ela não está aqui para servir.

Isso é o que eu acho preocupante sobre a capa da Paper: não é a obra de Goude, não é o photoshop, e não é nem mesmo a própria Kardeshian . É que a Paper tomou uma imagem carregada de uma tensão racial artística nos tornamos cada vez mais conscientes de como a sociedade se afastou da (ou , pelo menos, tentou se afastar) da idéia de que as mulheres negras não são selvagens. E é recriada essa imagem usando uma mulher armênia-americana famosa por ter uma vídeo de sexo vazado. A razão – para “quebrar a internet” – é quase comicamente frívola.

Veja todas as capas de Kardeshian abaixo:

Kim_cover_web_2_1024x1024

Kim_cover_web_1_1024x1024-1

[+] Kim Kardashian doesn’t realize she’s the butt of an old racial joke

Uma resposta para A capa de Kim Kardashian tem uma questão racial da qual ninguém está falando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s