Para Femen UK Thatcher não é um símbolo feminista

Bem, o Femen Brazil ontem revelou novamente a sua total compreensão de como a dinâmica social influencia diretamente no avanço ou retrocesso do direito das mulheres. Para quem não sabe o grupo postou uma homenagem a Margareth Thatcher, a controversa 1ª ministra britânica entre os anos de 1979 e 1989.

A homenagem dizia basicamente:

Nossos sentimentos à Margaret Thatcher, com sua política neoliberal, dirigiu um governo que reduziu o tamanho do Estado e transformou o Reino Unido. Ela foi, de longe, uma influência mundialmente, conhecida como Dama de Ferro, por conta de sua postura inflexível. Foi a primeira mulher a se tornar primeira-ministra britânica, cargo no qual ficou por três mandatos consecutivos, entre 1979 e 1990.
“Na política, se você quer que algo seja falado, peça a um homem. Se quer que algo seja feito, peça a uma mulher.”

Não é a primeira vez que o Femen Brazil é alvo de polêmica, só lembrar logo no começo do grupo aqui no país o descobrimento do passado da principal porta-voz do Femen Brazil ter tido relação com o movimento nazifacista, além da saída conturbada da anita número 2 do grupo Bruna Themis.

Pois bem, acabei questionando ontem pelo Facebook o Femen e o Femen UK se figuras como a Margareth Thatcher  seria um símbolo feminista para eles. Hoje ao entrar na minha conta do FB me deparei com uma resposta de uma pessoa que se diz administrador da página do Femen UK, David Jones, e ele me respondeu o seguinte:

Hello Luka i am the admin for Femen UK the answer to you’re question is no we don’t view thatcher as a feminist she is an extremely controversial figure in our country and most here don’t like her. Femen brazil has put her up for some reason it had nothing to do with us, the only good thing she did was liberate the falklands but she did alot of bad things to the english people and i can assure you we don’t support her or her right-wing politics.

Oi Luka, eu sou o admin para o Femen UK e a resposta para o teu questionamento é: Não, nós não vemos Thatcher como uma feminista, ela é uma figura extremamente controversa aqui no nosso país e a maioria da população não gosta dela. Femen Brazil a homenageou por algum motivo e isso não tem nada haver conosco. A única coisa boa que ela fez foi liberar as FalkLands (Malvinas), mas ela fez muita coisa ruim para o povo inglês e eu posso te assegurar que nós não a apoiamos ou suas políticas direitistas.

Não vou entrar aqui no debate sobre as Malvinas, até por que o foco é justament a desconstrução da Thatcher como uma figura que tenha contribuído com algo para a organização e luta das mulheres no mundo. E por óbvio mostrar que há um crasso problema de compreensão do que as relações políticas conservadoras interferem no avanço ou não do combate as opressões no mundo, coisa que parece ser algo menor para o Femen Brazil.

Antes que venham com o blábláblá de que é acadêmico, é isso ou aquilo, sugeriria avaliar o que a política thatcherista fez com o direito das mulheres e crianças na Inglaterra e o como a questão da análise de conjuntura política é essencial para se posicionar.

10 respostas para Para Femen UK Thatcher não é um símbolo feminista

  1. Marina Fuser

    Pois eu acho que devemos sim entrar no debate das Malvinas. Aqui os ingleses dizem que a população local prefere ser colonizado pelo Reino Unido, que pela Argentina. Aquilo que a moderação do Femen UK chamou de “libertação”. Os Argentinos acham que têm direito de colonizar as Malvinas por uma questão geo-política. Quem tem que colonizar as Malvinas? O Brasil-potência? Que tal Malvinas independentes?

    • Luka – Autor

      Marina, falei que não iria entrar na polêmica pelo fato de ter recebido a mensagem na hora do trabalho e ter escrito o post as pressas, se quiser mandar um guest post sobre o tema será super bem vindo

  2. Thaisa Burani

    Oi, Luka.

    Vi ontem alguém compartilhando no Facebook essa tal homenagem do Femen Brazil à Thatcher e confesso que achei que era brincadeira. Hoje entrei na página delas e vi que de fato elas haviam postado o troço. Imediatamente fiz o comentário que segue abaixo, mas ele acabou soterrado, em questão de minutos, por uma avalanche de tantos outros. Acabei compartilhando na minha página o post delas com o meu comentário junto, e em seguida enviei o mesmo texto para elas como inbox. Ainda não obtive resposta, mas é sem dúvida lamentável que um grupo desse porte, que conseguiu um espaço considerável na mídia e que representa uma entidade internacional caia em contradições tão primárias.

    Bom, segue o que eu comentei:

    “dúvida sincera: meninas do femen, com este post vocês estão assumindo que são de direita?
    porque independente da thatcher ter sido mulher, o que ela fez durante toda sua carreira política é inaceitável aos olhos de alguém que se declare de esquerda ou na luta por direitos civis igualitários/libertadores. basicamente, ela entrou pra história como um dos atores sociais mais importantes para o sucesso do neoliberalismo, que é a forma mais depravada e cruel de capitalismo. ela aniquilou lutas sociais importantes, não só de trabalhadores como também de ambientalistas, feministas e outras comunidades que buscavam uma sociedade mais justa. aliás, ela mesma dizia que não acreditava no termo “sociedade”, mas sim na ideia de que uma nação é composta por indivíduos únicos e isolados (e que, portanto, deveriam degladiar entre si por um lugar ao sol).
    simpatizo, a princípio, com toda e qualquer luta por direitos igualitários entre gêneros, mas muita gente já havia me alertado para isso, que o femen (não só o brasileiro, mas o de outros países também) é um grupo de direita – isso quando não dizem que é neonazi. vocês confirmam isso ou não? repetindo: não estou querendo provocar nem ofender ninguém, mas sim entender o posicionamento político de vocês. obrigada.”

  3. Marina Fuser

    Luka, você vai ficcar famosa internazionalmente! Acabo de te citar no artigo que escrevi para o Reframe Activism blog da University of Sussex. Vamos anexar um link para o seu blog. bjs

  4. Márcia Balades

    Grupo Feminista com homem de porta voz e administrador????? Elas não convencem de jeito nenhum que são feministas. São uma farsa total, parece que estão seguindo um roteiro, talvez escrito por um homem. só querem aparecer e ainda falam um monte de merda. Deviam é ir para o big brother. bj

  5. joseli

    Só sei que com aquele post homenageando a “dama de ferro”, o Femen Brazil se jogou na lama de vez. Se já eram alvo de criticas e piadas antes, agora então é que desandou de vez. Já podem se candidatarem ao post mais ridículo e desinformado do ano no facebook. #femennaomerepresenta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s