A Rosa: Come as you are

Há 4 anos, mais ou menos no finalzinho da madrugada eu comecei a sentir pontadas na pélvis e pela primeira vez na vida tive uma cólica… Foi a melhor cólica que tive na vida.

A Rosa roubou meu coração e o levou para o final do arco-íris, trouxe para uma vida cinza e amargurada todos os sonhos em tons vibrantes, transformou as minhas lágrimas de tristeza e dor em um rio para se fazer rafting. Me fez amar profundamente mais uma vez na vida.

A Rosa as vezes inventa cada carícia, arrasa o meu projeto de vida e me faz construir tudo novamente junto com ela, ilumina o meu caminha como uma estrela guia.

A Rosa me fez entender a minha mãe e aquele olhar que ela lançava para mim e para a Paloma do nada, como se estivesse encontrado o maior tesouro da vida e não o quisesse perder nunca mais.

A Rosa é a medida e a peneira para as pessoas entrarem na nossa vida, é a minha preocupação eterna e a vontade de só fazer coisas boas. Essa menina é a fada que acorda no meio da noite, escorrega pela cama e vem correndo dormir comigo.

A Rosa me dá um beijo delicado na bochecha e toda vez que vai dormir na casa de um tio, avó ou amiguinho me surpreende, me deixa com saudades e a minha bochecha se umidifica com algumas lágrimas. Lágrimas de felicidade, pois essa menina conquistou meu coração desde o primeiro momento, desde quando descobri que ela estava ali dentro do meu útero.

A Rosa me fez cantar novamente Nirvana bem baixinho dentro do banheiro entre uma contração e outra… Come as you are… A Rosa me fez ir para o hospital preocupada, me fez ficar acordada a noite mesmo sabendo que estava tudo bem e que aquele pacotinho dormia como se nada existisse no mundo.

A Rosa me fez dançar nos domingos de tarde, pular na cama, brincar de cowboy, assistir desenhos animados, me reaproximar de amores antigos, consolidar amores novos.

A Rosa apronta, pega um ovo e faz um bolo. Faz birrinha de criança, fica de castigo e parte meu coração quando chora no castigo, mas aprendi a esconder meu coração partido nessas horas.

A Rosa é o meu projeto de vida, é a minha vontade de mudar o mundo… É talvez a decisão mais correta que tomei na minha vida e o maior acerto que eu poderia ter.

A Rosa venta de um lado para o outro, parece duas meninas maluquinhas que conheci quando era pequena. A Rosa veste as minhas roupas, sobe na motoca e diz: Já volto mãe.

A Rosa ama carnaval, filmes, livros, música e fantasias.

Eu não teria voltado a ser eu se essa menininha não tivesse chegado na minha vida e despertado o meu coração vulcânico adormecido, tomado meu corpo numa enchente digna da pororoca e me feito olhar tudo com uma paixão e um desejo que há muito tava perdido.

A Rosa trouxe o amor e a felicidade de volta há 4 anos e assim vai continuar, retubante, aos trancos e barrancos e me mostrando a viver a vida num gole enorme sem ter medo de ver a areia escorrer entre os dedos.

Obrigada por existir na minha vida.

2 respostas para A Rosa: Come as you are

  1. cilmara bedaque

    e, além de tudo isso, rosa é a melhor atiradora de pistola d’agua do mundo! hehe feliz dia pra garotinha e pra mãe mais lindas! ( tô chorando que nem boba com este texto) beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s