Blogueiras Feministas: Reflexões sobre a divisão sexual do trabalhos na militância cotidiana

Segue o nono texto publicado no Blogueiras Feministas.

Faz uns 4 anos que acompanho mais de perto o debate feminista junto aos movimentos sociais, comecei a acompanhar pela ENECOS o que chamávamos de GET de Combate às Opressões, foi pela ENECOS que comecei a acompanhar o movimento feminista e a construção do 8 de março de São Paulo. Foi pro lá também que comecei a perceber o quanto algumas tarefas militantes eram realizadas de forma mais frequente por homens do que mulheres e vice-versa.

Há 3 anos me organizei em uma corrente política, para quem ainda não se deu conta eu sou filiada ao PSOL e organizada numa corrente chamada Coletivo Socialismo e Liberdade, e dentro destes dois espaços de militância também me deparei com a mesma realidade encontrada no movimento estudantil, algo que normalmente é chamado de divisão sexual da militância, respaldado muitas vezes na própria realidade da divisão sexual do trabalho onde mulheres cuidam do trabalho reprodutivo e os homens do trabalho produtivo, mulheres passam mais tempo nos espaços privados da sociedade e os homens nos espaços públicos.

O texto pode ser lido completo aqui.

Responder a Blogueiras Feministas: Reflexões sobre a divisão sexual do trabalhos na militância cotidiana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s