PSC e rabo preso atrás do moralismo religioso

Há tempos aqui neste blog se fala sobre o recrudescimento do conservadorismo no Brasil, que perpassa valores morais, políticas públicas e tantas outras coisas, este ano vimos recuos por parte do governo Dilma em programas de ministérios que ajudariam a combater a homofobia nas escolas para poder manter a governabilidade em seu mandato.

Não é de hoje que sabemos o governo federal e até mesmo nos estados e municípios está refém da governabilidade e para assegurar acaba se aliando a partidos conservadores como no caso do PSC, falo isso por que esta semana assisti o programa partidária do PSC – tenho assistido pouco televisão e na semana que foi veiculada a propaganda eu estava em atividade de mulheres em Curitiba – e não há palavras melhores para descrevê-lo a não ser: machista, homófobo e conservador.

A lógica binomial do que deve ser uma família e de que esta no Brasil vem sendo atacada, leia-se PLC122, legalização do aborto, união civil homoafetiva e tantas outras bandeiras das mulheres e LGBTs questionadoras da estruturação social que hoje é base da nossa sociedade.

É um motivo de vergonha que a categoria de políticos-pastores seja geralmente muito mais conhecida por seu ódio ao diferente que divirja dos dogmas cristãos e pelos escândalos de corrupção do que pelos esforços pela educação, saúde, segurança, ética na política, habitação, meio ambiente, mudanças sociopoliticoeconômicas etc. (SOUZA, Robson Fernando. Homofobia velada: propaganda partidária do PSC só reconhece um tipo de família como verdadeiro)

Ao mesmo tempo que o PSC propaga uma visão dogmática da família e das relações sociais, veladamente excluindo casais homoafetivos e até mesmo qualquer outra conformação familiar diferente da família heteronormativa clássica, não aponta o dedo para problemas importantes que hoje existem no país, como o fato da comunidade LGBT ser diretamente atingida pela violência machista dia após dia e não ter assegurado direitos como o resto da sociedade, assim como não fala da situação das mulheres e do povo negro que hoje sofre com despejos por causa das megaobras, militarização das polícias e pela cegueira moralista que impera em nosso país.

Bom lembrar que o PSC faz parte da base do governo Dilma e atua ali para pressionar o governo a direita, compõe frentes parlamentares retrógradas e também se posiciono favorável a mudança no Código Florestal. Isso demonstra o quanto estão atrelados não apenas a valores morais que retiram direitos de “minorias”, mas também aliados ao agronegócio e ruralistas e para compreender melhor este furdunço que foi a votação do novo Código Florestal é sempre bom lembrar do velho e saudoso Paulo Piramba em seu Ecossocialismo ou Barbárie.

O PSC em sua propaganda fala tanto de família e valores, porém no começo do ano na discussão do salário mínimo apoiou o aumento irrisório dado pelo governo federal que afeta diretamente milhares de famílias brasileiras, muitas delas que não tem a conformação apontada em seu programa partidário, mas sim muitas vezes composta por uma mãe solteira ou uma avó que precisa dar conta do mundo do trabalho e da casa ao mesmo tempo vivendo mensalmente com pouco mais de R$ 500 para manter a família toda.

Os mesmos que atacam os direitos das mulheres, LGBTs e do povo negro também atacam a classe trabalhadora brasileira, se escondem atrás de seu ultrapassado conservadorismo e ajudam a aprovar medidas e leis que oneram os mais necessitados e liberam os mais abastados, não tem compromisso nem com a pretensa família que julgam ser a maioria dos lares brasileiros.

É por estas e outras que não dá para fazer recortes e mais recortes na política, pois os temas e os posicionamentos políticos se entrelaçam, se conversam. Agora eu quero saber qual vai ser a posição do defensor da moral e dos bons costumes PSC no caso Orlando Silva, pois compunham bloco com o PCdoB no congresso nacional…

4 respostas para PSC e rabo preso atrás do moralismo religioso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s