Diário Liberdade: Política estudantil e a necessidade do combate diuturno ao machismo

Segue o sétimo texto da coluna A segunda luta que trata basicamente de feminismo e política, a qual publico no Portal Diário Liberdade.

Eu deveria sentar e discutir sobre o que é o matriarcado tão propalado por aí de Dilma, ainda mais depois da posse de Gleisi e Ideli. Porém esta semana mais uma vez a realidade do machismo no Brasil estapeia a nossa cara, é preciso chegar às vias de fato para que nós mulheres, lutadoras e lutadores em geral sejamos realmente ouvidos.

O caso da PUC RS não é isolado, ou quem esquece a truculência com que foram tratados os estudantes da PUC SP em 2007 quando foram retirados da ocupação da reitoria pela tropa de choque? As estudantes que haviam esquecido seus pertences dentro da Reitoria da PUC SP eram obrigadas a passar por revista íntima. Nada muito diferente do que acontece na rotina do sistema prisional brasileiro, mas choca a sociedade ao sair dos porões da sociedade e ocupam a sala de visitas.

O texto pode ser lido por completo aqui.

Responder a Diário Liberdade: Política estudantil e a necessidade do combate diuturno ao machismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s