Planalto tremei por que aí esta por vir Gaby Amarantos, a malaca do Jurunas

Não fiz campanha para Dilma, tenho sérias divergências com o governo Lula e nem estarei em sua pose por motivos óbvios, mas não é sobre isso que quero falar, pelo fato de morar em São Paulo raramente escrevo por aqui coisas sobre o Pará.

Agora não há como não falar sobre o fato da Gaby Amarantos ser uma das mulheres que irão cantar na posse da presidenta eleita, não é qualquer coisa ela estar lá, é uma representação social, de gênero e raça importantíssima, ou quantas vezes vocês viram uma mulher, negra, nortista e do jurunão cantar na posse de algum governante? Principalmente na posse de um presidente da república?

Não é a primeira vez que a Gaby assume um lugar que por conta da divisão de classes existente, é bom lembrar que há alguns anos no 1º Prêmio Cultura de Música realizado no Theatro da Paz esta mulher foi a primeira cantora de technobrega a cantar em um espaço notoriamente conhecido como berço da cultura erudita e elitista.

É quebra de paradigma o que acontece, pois querendo ou não technobrega, funk, forró, hip hop e o escambau são visto como música populacho, nada erudita e que muitas vezes não deve ser encarado como cultura, a Flávia Alli discutiu isso muito bem em um post no Jornalismo B sobre funk e eu acredito que se espraia para uma análise para os demais gêneros (é assim que se fala?) musicais oriundos da periferia, óbvio que com as devidas proporções.

Do ponto de vista do simbólico é uma vitória e tanto termos uma mulher, negra, nortista e do jurunão cantando na posse da presidenta da república, particularmente para a carreira da Gaby Amarantos é um reconhecimento fenomenal e é coerente com a sua atuação política durante as eleições e gostaria de deixar claro que não concordo com os posicionamentos políticos da Gaby por N motivos, mas não vou cair na esparrela de não reconhecer que dentro deles a Gaby representa uma quebra de paradigma importantíssima.

Planalto tremei por que aí estar por vir Gaby Amarantos, a malaca do Jurunas – pois nesse caso é sim importante demarcar de onde ela veio.

2 respostas para Planalto tremei por que aí esta por vir Gaby Amarantos, a malaca do Jurunas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s