Quandos

Quando a Rosa nascer vou povoar a casa de cores, odores e sabores diferentes para ela conhecer de tudo, os natais serão roxos e laranjas, pois verde e vermelho é bem demodê, aprenderei a encontrar as constelações no céu estrelado das praias que visitarmos só para mostrar pra ela, haverá brinquedos de madeira e passeios no parque para podermos cheirar a natureza.

Quando a Rosa nascer o mundo vai ser muito melhor, a crise mundial vai ter sido solucionada por uma revolução intergalática evocada por este pequeno arauto da esperança, a polícia não mais invadirá as comunidades da periferia matando as pessoas sem mais nem por que, a indústria do tráfico será diluída e o proletariado terá tomado o poder.

Quando a Rosa nascer as borboletas amarelas, laranjas, azuis, roxas e com pintinhas vermelhas invadirão São Paulo e quebrarão as rabugices das pessoas, os mal entendidos e os relacionamentos mal-resolvidos. Haverá cachoeiras rompendo dos arranha-céus com pontos brilhantes acabando com as maletas Louis Viton da vida e transformando em papel machê todos aqueles contratos horríveis que são feitos país a fora.

Quando a Rosa nascer tudo vai nascer novamente e ela terá milhares de álbuns de fotografia, histórias fantásticas de uma super-vó e dezenas de livros com letrinhas para entretê-la.

Quando a Rosa nascer trará dentro de um pacotinho um desejo perdido chamado Ana Clara e quando entregar este pacotinho soltará uma risada gostosa dizendo que alguns erros não podem ser concertados, mas não precisam se tornar poços de amarguras e tristezas.

Responder a Quandos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s