Como dar as costas para a história da PUC/SP

“Vem vamos embora que esperar não é fazer, quem sabe faz a hora não espera acontecer…” Enquanto os truculentos policiais do Choque nos retiravam do Gabinete da Reitora, os policiais chegaram por volta de 2h50 da madrugada e entraram na Ocupação da Reitoria da PUC/SP pela parte de trás do prédio. Antes de sermos confinados no Gabinete de Maura Véras ouvíamos o som de uma apresentação musical organizada pela nossa comissão de cultura, mas duma hora para outra só se falava: “O choque! O choque! O choque!”

As pessoas entravam e pegavam suas coisas o mais rápido possível para não dar ao Choque motivos para repressão mais violenta. Fomos encaminhados à sala do Gabinete da Reitora e lá, pela primeira vez, vimos o oficial de justiça que nos leu a Reintegração de Posse… Engraçado, a Reitoria mentiu na quarta-feira dizendo não ter pedido a Reintegração, mas já sabíamos e tínhamos o número do processo.

O oficial saiu e dois pms começaram a dar as instruções de como seria a desocupação: pacífica ou com uso da força policial. Dissemos que queríamos nossos advogados ali e eles negaram isso a nós e deram 10 minutos para os estudantes decidirem como seria feita a desocupação, saímos em grupos de 5 e na frente da PUC já havia um monte de jornalistas e cada vez que saía um grupo o coro lá fora se tornava forte: “Ô Maura! Mais quem diria, 2007 Erasmo Dias”.

Dava tristeza em olhar os nossos contadores marcando: PUC sem a invasão da PM há: 30 anos, 1 mês e 17 dias. A Reitoria já estava ocupada pelos estudantes de todos os cursos do campus Monte Alegre da PUC/SP há 4 dias e a principal reivindicação era a suspensão imediata do processo de Redesenho Institucional, por um processo que realmente discutisse a reestruturação da universidade com comunidade e não da forma enviesada como vem sido feita.

Tentamos a abertura de diálogo com a Reitoria desde o primeiro momento da Ocupação, mas isso nos foi negado e a gestão Maura Véras ainda desrespeitou a forma como o movimento se organiza, ou seja, deliberar as pautas por assembléia para depois poder se posicionar dentro de uma negociação.

Na única reunião de diálogo com a Reitoria eles não estavam dispostos a negociar um novo processo de Redesenho que englobasse a nossa comunidade, mas apenas o adiamento da data da votação desta pauta pelo Consun, o que não adianta quando se pede por um real processo democrático de Redesenho por simplesmente nem cogitar a nova abertura para inserção de novos projetos.

Não há como respeitar uma Reitoria que não dialoga, sempre recorre à repressão estudantil e, agora, vira as costas para a história da nossa universidade. Ontem a PUC perdeu o último resquício de liberdade existente naquela instituição. Não há também como respeitar um Conselho Universitário que não convoca a única voz dissonante ali presente para a reunião na qual foi retirada a Moção de Apoio à Reitoria.

A Casta Burocrática da PUC está completamente viciada e não mais possui compromisso algum com a comunidade desta universidade. A Reitoria ainda tem a coragem de publicar uma Moção de Apoio do Reitor da Fundação Santo André, Odair Bermelho, que vem sendo alvo contínuo de acusações de corrupção, intransigência e é o principal motivo hoje da FSA estar em luta contra os seus desmandos… Esse apoio e a decisão de mandar o Choque para retirar os estudantes da Reitoria finalmente mostra o quão ditatorial ele são, mas “apesar de você amanhã há de ser outro dia”.

Eles tem o aparelho e nós somos os herdeiros daqueles que construíram a história da PUC como ela é e não damos as costas para esse legado!

2 respostas para Como dar as costas para a história da PUC/SP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s