O último dia de nossas vidas

Não querendo ser dramática, mas já o sendo, pelo fato dessa característica já estar aglutinada nas minhas células, mas amanhã começa a se decidir o meu 2006. Esta tudo acabando, meus meses de trigonometria, mecânica, eletroquímica e conversas engraçadas e emputecidas.

As vontades de capar professores, de chegar e falar verdades na cara de um ou de outro… Na zoação pelo fato do meu time estar sendo rebaixado para a segundona, a Fé tirando com a cara do professor de física, a Taty achando o fessor de química um moleque e todas fazendo boicote ao professor merda de literatura.

Percebi que tudo acabava realmente na semana que passou, quando uma de nossas companheiras de atrapalhadas tinha ido embora, passou um mês sem aparecer na sala que fede e na terça deu o ar de sua graça… Paty é uma mulher pequena, com cara de ser muito novinha, mas quando alguém senta para conversar com ela é perceptível que ela não é tão novinha assim… Percebi o quanto o grupo estava se desfazendo aos poucos e logo, logo não sobrará mais ninguém.

Engraçado, nunca tive a oportunidade de pensar que nunca mais veria alguém que estudou comigo, mas morando em São Paulo tenho essa possibilidade em todas as minhas relações estudantis… A probabilidade de não encontrar fulano ou fulana na rua me assusta, estou numa cidade trambolho onde nada é perfeito, mas é tudo muito perigoso…

Elas não devem estar pensando muito nisso, é comum se desvencilhar de pessoas… Mas é que gosto muito das pessoas em pouquíssimo tempo e tenho pensado nisso, bastante.

Responder a O último dia de nossas vidas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s