Só de passagem

A cabeça anda trabalhando em uma velocidade incrível… Mas como é tudo muito desconexo passo somente para deixar as palavras do Mário Quintana, apesar de ser o poema mais famoso dele é o que se aplica no momento.

Poeminha do Contra
Todos esses que aí estão
atravancando meu caminho,
eles passarão…
eu passarinho!

Izi, conto os dias para chegares nessa cidade… Pq escrevi isso? Ela não entra na internet…

Responder a Só de passagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s